21.8.12

Mais THE HUNGER - Catherine Deneuve e Susan Sarandon colando o velcro

















4 comentários:

  1. Cara, eu nunca entendi por que todo mundo acha esse filme tão bom. Para mim, é a epítome de excesso de estilo e nenhuma substância. Confesso que só entendi o roteiro porque tinha lido o livro. Curiosamente, a coisa mais fiel ao livro (e a única cena que gostei no filme) é a briga de aranhas. Pena que seja só uma cena.

    ResponderExcluir
  2. Kurt, estranho, mas sempre notei o contrário. A maioria do que ouço são pessoas dizendo que não gostam, acham vazio, etc, tanto que é "cultuado", no sentido de que apenas um pequeno grupo tenha estima pelo filme. Eu não acho nenhuma obra prima do cinema, mas adoro justamente pelo visual excessivo que muitos reclamam e também por outros detalhes que pretendo escrever pra postar em breve... Mas vale dizer que só aquela cena inicial, com o Bauhaus cantando "Bela Lugosi is Dead", anunciando o fim do vampiro clássico, enquanto Bowie surge como o vampiro moderno, já foi suficiente pra me fisgar. E o filme é cheio desses detalhes que me encantam.

    ResponderExcluir
  3. Hehehe... Acho que o problema é que as pessoas com quem costumo discutir cinema são o tipo de gente que cultua "The Hunger". Isso deve ser positivo - pelo menos elas não são fãs da "saga Crepúsculo". Mas tens razão: a cena de abertura com o Bauhaus é realmente muito cool. Ok, gostei de duas coisas no filme.

    ResponderExcluir
  4. Só hoje encontrei este blog. Parabéns, é bom ler sobre filmes (e géneros) marginais. Vou seguir.

    Quanto ao filme, gostei, exactamente pelo excesso visual, e pela tensão que se vai criando. E nunca mais ouvirei Lakmé da mesma forma.

    ResponderExcluir

MUDANÇA DE CASA

Depois de um feedback por aqui e na página do Dementia¹³ no facebook , resolvi tomar mesmo a decisão de fechar as portas por aqui e me muda...