31.8.12

VISTO E, ÓBVIO, APROVADO!

6 comentários:

  1. Vejo hoje.

    EXPLOSIOOOOOOOOOOOOOOOOOOONS!

    ResponderExcluir
  2. duas questões rápidas:

    1) nível de violência do filme em que pé está?

    2) repete aquele clima de cervejada entre amigos do primeiro?

    valeu.

    ResponderExcluir
  3. Vou escrecer com mais detalhes, mas se quer mesmo saber, aqui vão uns SPOILERS respondendo as perguntas:



    1) O nível de violência é bom, bastane gráfico e sangrento. Mas não existe o choque visual. Não há uma cena sequer que o espectador sinta incômodo pela violência.

    2) Repete e vai muito além nesse sentido.

    ResponderExcluir
  4. Uma das coisas que adorei foi a autenticidade do clima de camaradagem entre os mercenários (as piadas sobre o Dolph Lundgren ser engenheiro químico são completamente veríficas - o homem, além de ser um viking moderno, tem um QI de 180. E a violência é brutalmente gráfica, mas mostrada de uma maneira bastante natural. Ao contrário de obras mais pretensiosas, o filme não fica gritando "olha! violëncia" É mais algo do tipo: "Quando você atira em gente com armas de grosso calibre, corpos são destroçados". Putz, vou ver novamente o filme. Vale a pena abrir a carteira para prestigiar um filme de ação que não nega fogo e prova que testosterona é um bem de consumível mais valioso que petróleo.

    Word.

    ResponderExcluir
  5. Não mencionei como o filme é "meta", mas tens razão: a obra prova como é possível utilizar metalinguagem sem parecer um zeba pretensioso. E, além das piadas sobre a inteligência do Dolph, as demonstrações de "poder de sedução" deste são também hilárias. Cara, tenho que rever o filme...

    ResponderExcluir

MUDANÇA DE CASA

Depois de um feedback por aqui e na página do Dementia¹³ no facebook , resolvi tomar mesmo a decisão de fechar as portas por aqui e me muda...