Pular para o conteúdo principal

RANKING ANOS 70

Os anos 70 revelaram-se extremamente complicados. Muito mais que a década seguinte. Há muito o que ver ainda, o que considerar, os que acabam no esquecimento, para compilar tudo numa lista tão pequena. Enfim, separei vinte filmes que considero, atualmente, meus favoritos. Mas dessa vez não vou colocar as menções honrosas, porque haveria de ter uns duzentos exemplares... Como isso é impossível no momento, ficamos só com a lista principal.


20.PHANTASM (1979), Don Coscarelli


19.A CONVERSAÇÃO (The Conversation, 1974), Francis Ford Coppola


18.RABID DOGS (1974), Mario Bava


17.ZOMBIE 2 (1979), Lucio Fulci


16.O MASSACRE DA SERRA ELÉTRICA 
(Texas Chainsaw Massacre, 1974), Tobe Hooper


15.THE WICKER MAN (1973), Robin Hardy


14.TWO-LANE BLACKTOP (1971), Monte Hellman


13.DEEP END (1971), Jerzy Skolimowski


12.SUSPIRIA (1977), Dario Argento


11.ASSAULT ON PRECINCT 13 (1976), John Carpenter


10.THE DRIVER (1978), Walter Hill


09.O FRANCO ATIRADOR (The Deer Hunter, 1978), Michael Cimino


08.TAXI DRIVER (1976), Martin Scorsese


07.PROFONDO ROSSO (1975), Dario Argento


06.ROLLING THUNDER (1977), John Flynn


05.THE STREETFIGHTER (1974), Shigehiro Ozawa


04.OPERAÇÃO FRANÇA (The French Connection, 1971), William Friedkin


03.QUANDO EXPLODE A VINGANÇA (Duck, You Sucker, 1971), Sergio Leone


02.TRAGAM-ME A CABEÇA DE ALFREDO GARCIA 
(Bring me the Head of Alfredo Garcia, 1974), Sam Peckinpah


01.A MONTANHA SAGRADA (The Holy Mountain, 1973), Alejandro Jodorowski

Comentários

  1. Não adianta. Esse filme do Alejandro Jodorowski é mesmo indispensável.

    E aquelas postagens sobre as musas gostosas, tipo Maria Ford e Julie Strain, quando retornarão?

    Rafael

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, em breve, em breve... é que estou meio sem tempo para escrever por esses dias. Mas assim que sobrar um tempinho eu mando brasa. Já adianto que a próxima homenageada é justamente a Julie Strain. :)

      Excluir
  2. Olá amigo, visitei seu blog e achei muito legal!

    Estarei adicionando aos meus blogs favoritos, se puder, dê uma visitinha ao meu: discutindocinema.blogspot.com

    E sobre o post, achei muito interessante, mas senti a falta de O Exorcista e com certeza eu colocaria Suspiria mais acima.

    Mas A Montanha Sagrada também é um dos meus favoritos. Depois que assisti com comentários do Jodorowsky, fiquei bestificado. Eu não conseguia imaginar que cada singular frame do filme tinha um significado enorme e isso foi fantástico e fez eu ficar ainda mais fã do diretor.

    Mal posso esperar por seu novo filme, La Danza De La Realidad.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme novo do Jodo é um dos meus mais aguardados do ano!

      Excluir
  3. Que década sensacional, no final de semana vou arriscar fazer a minha lista também.

    Bom agora ficamos no aguardo da sua lista da década de 60 e (por que não) da década atual ... São apenas 3 anos, mas que já nos proporcionaram algumas obras-primas (DRIVE, DJANGO UNCHAINED, KILLER JOE).


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faça mesmo, é um exercicio interessante.

      Excluir
  4. por favor queria saber o titulo de um filme que um dos atores e preso a roda de uma carroça e violam ali a sua namorada outro amigo vai buscar ajudas nos índios vencendo o mais forte para se ajudado a lutar contra as tropas usando as flechas

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O IMBATÍVEL (Undisputed, 2002)/O LUTADOR (Undisputed 2: Last Man Standing, 2006)

No útlimo fim de semana procurei outros filmes recentes do Michael Jai White para vê-lo distribuindo porrada em meliantes como em BLOOD AND BONE e BLACK DYNAMITE. Me deparei com UNDISPUTED 2, continuação de um filme dirigido pelo Walter Hill em 2002 e que, por pura negligência da minha parte, ainda não havia assistido. Enfim, foi uma experiência interessante, além de poder ver um ótimo filme de luta estrelado pelo Jai White ainda tirei o atraso com o filme Hill, que é obrigatório para os fãs do sujeito.

Ambos os filmes se passam em prisões e envolvem lutas “profissionais” entre os encarcerados, mas o resultado de cada é bem diferente um do outro. UNDISPUTED é puro Walter Hill! Cinema classudo, sério, focado em personagens bem talhados e com direção extremamente segura. Temos Wesley Snipes na pele de Monroe Hutchen, campeão de boxe de Sweetwater, uma prisão de segurança máxima que promove legalmente lutas entre presos. Ving Rhames é George Iceman Chambers, o campeão mundial dos pesos …

OS BÁRBAROS (The Barbarians, 1987)

Daquela listinha de filmes de fantasia, Sword and Sorcerer, que eu postei outro dia, um dos exemplares que causou mais alvoroço foi OS BARBAROS. Alguns amigos acharam engraçado por eu ter lembrado desse filme que passou milhares de vezes no Cinema em Casa do SBT. E como estamos falando de um trabalho do italiano Ruggero Deodato, nada melhor que ressaltar como era bom ter doze anos e poder conferir às tardes da TV brasileira nos anos 90 um filme com bastante sangue, membros decepados e peitos de fora. Algo impossível para um moleque atualmente, que tem de se contentar com os filmes de animais falantes que empesteiam diariamente a programação… Neste fim de ano, meus votos de um grande pau no c@#$% do politicamente correto.

De todo modo, OS BÁRBAROS é uma porcaria. Fui rever essa semana para escrever para o blog e, putz, acreditem, é a coisa mais ridícula do mundo. Ainda bem que já sou vacinado contra tralhas desse tipo e encontro tantos elementos engraçados que fica impossível não sair…

OS IRMÃOS KICKBOXERS, aka BLOOD BROTHERS (1990)

Também conhecido como NO RETREAT, NO SURRENDER 3 em alguns países. Não é tão espetacular quanto o segundo, mas é um veículo divertidíssimo que serve de vitrine para que Loren Avedon e Keith Vitali (os irmãos do título) demonstrem suas habilidades em artes marciais em sequências alucinantes de pancadaria! Até hoje me lembro quando eu era um moleque de oito ou nove anos pegando a fita da Top Tape na locadora com meu irmão mais novo. Passamos o fim de semana inteiro assistindo repetidas vezes este que foi o meu primeiro “kickboxer movie”.


Na trama, os dois personagens não vão muito com a cara do outro. Avedon é um professor de kickboxer que dirige um fusca, enquanto Vitali ganha a vida como policial respeitado, seguindo os passos de seu pai. Ambos lutam pra cacete! Para resumir o enredo, uma tragédia na família acontece (leia-se alguém é assassinado) e acaba sendo o motivo de reaproximação dos irmãos, que deixam as diferenças de lado e juntam forças para fazer exatamente aquilo que se …