1.10.13

ESPECIAL HALLOWEEN 2013 #01: LEATHERFACE: THE TEXAS CHAINSAW MASSACRE III (1990)


Outubro chegou e com ele o especial Halloween de filmes de horror escolhidos a dedo para assombrar os posts do blog durante o mês.  E para começar, um filme do coração, LEATHERFACE - THE TEXAS CHAINSAW MASSACRE III, um pequeno e belo exemplar do horror noventista que muitos odeiam, mas que tenho um carinho especial. Sei que não é um filme perfeito, mas esta segunda continuação de O MASSACRE DA SERRA ELÉTRICA tem diversão de sobra para os amantes de uma boa tralha.

Os problemas que o diretor Jeff Burr e sua equipe tiveram durante a concepção e produção são notórios: orçamento apertado, curto prazo para filmagens e especialmente as interferências da MPAA, que meteram tanto a tesoura nas cenas de violência que até a versão unrated pega leve neste quesito. É impossível e uma falta de respeito com os técnicos de efeitos especiais assistir a este filme na versão normal, cujo sangue é quase zero. Isso sem contar que foi uma tentativa um tanto frustrada de trazer de volta uma franquia num período que quase ninguém se interessava. O segundo filme da série, realizado pelo diretor do original, Tobe Hooper, já possui uma boa quantidade de detratores (e é outro que eu adoro).


Mas, no fim das contas, o que vemos na tela em LEATHERFACE nada mais é que um despretensioso horror movie cheio de momentos desfrutáveis e que funcionam muito bem pra mim. O roteiro faz bom uso de algumas ideias do clássico original de 1974 misturado com os exageros do horror dos anos 80 e 90 numa trama que tenta ser a mais simples possível. Um casal de jovens percorre as estradas californianas de carro e acaba se deparando com Leatherface, sua serra elétrica e seus familiares famintos por carne humana. As situações que surgem a partir daí dão conta de garantir o grau de diversão que o espectador precisa.


Obviamente, LEATHERFACE não pode competir com o primeiro da série, que é um autêntico clássico, um dos grandes filmes de horror de todos os tempos. E nem possui essa intenção. A recriação da cena do jantar ao redor da mesa deste aqui, por exemplo, perde de lavada para a inquietante e frenética do filme de 74. Mas vejamos, temos a protagonista com as mão pregadas à marteladas numa cadeira, Vigo Mortensen como um dos canibais, chamado Tex, um sujeito pendurado de cabeça para baixo pronto para ser abatido, Leatherface com sua motosserra cromada escrito "The saw is family"... Caramba, isso aqui é muito bom! E de quebra, a presença de Ken Foree como herói bad ass que surge nesta mesma cena metralhando todo mundo e logo depois encara Leatherface no mano a mano dentro de um mangue cheio de pedaços de corpos.

Apesar de ter um personagem legal, Ken Foree protagoniza uma das poucas coisas que eu realmente não gosto em LEATHERFACE. O sujeito reaparece no desfecho sem qualquer razão após ter claramente morrido no confronto com o personagem título! Quero dizer, o filme não mostra Foree batendo as botas, mas a forma como acontece dá a entender que, mesmo que tivesse sobrevivido, não poderia ressurgir do nada, inteiro, andando, sem ferimentos graves... Vai entender o porquê disso.

Exceto por este pequeno detalhe, acho que já deu pra perceber que não considero esta belezinha uma continuação tão inútil como muitos pintam por aí. É até bem bonito o plano final, com a mocinha e Foree pegando a estrada numa caminhonete velha rumo ao horizonte. Vale a pena uma conferida em LEATHERFACE, mas assista sem preconceitos.


E a todos um bom mês de Halloween!

10 comentários:

  1. Eu também não tenho nada contra esse aí, mas cada vez que assisto a essas continuações e refilmagem, lembro mais ainda o quanto o original é uma obra-prima.

    ResponderExcluir
  2. O Foree reaparece no final por imposição dos produtores, que pensaram em usar o personagem em uma continuação que não veio imediatamente por conta do fracasso do filme. No Youtube tem a cena da morte do personagem, que seria realmente no mangue com a cabeça serrada ao meio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, agora tudo se explica... Realmente não sabia desse detalhe. Valeu!

      Excluir
    2. Caraio, Viggo Mortensen em um filme do Leatherface! Por essa eu não esperava!

      Ronald, o que vc acha do remake e dos filmes da série que lançaram pós 2000?

      Excluir
    3. O remake de 2003 é lixo para adolescentes geração 2000. Já o TCM: THE BEGINNING lembro de não ter me chateado com ele. Não é nada demais, mas não é mau como o remake. Essa versão de 2013, que eu não sei se remake, continuação, etc, eu acabei não assistindo e nem sei se o farei. A não ser que me convençam de que vale a pena uma conferida.

      Excluir
  3. cacete, o Giuliano Gemma se foi !!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... Um dos grandes responsáveis por eu gostar de cinema, um dos atores favoritos do meu pai. Assistimos a muitos spaghetti westerns quando eu ainda era moleque.

      Excluir
  4. Bem melhor que a bomba da continuação oficial do Tobe Hooper. Mas tem que ver a versão "uncut", que tem até criança assassina.

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho o DVD com alguns extras que explicam o retorno do Ken Foree, tem a cena de sua morte e falam muito de Viggo Mortensen.

    ResponderExcluir

MUDANÇA DE CASA

Depois de um feedback por aqui e na página do Dementia¹³ no facebook , resolvi tomar mesmo a decisão de fechar as portas por aqui e me muda...